Pachamama: nossa Terra pede socorro

Junho 29, 2019 Gabriela Conti Montenegro

Já está disponível no catálogo da Netflix a animação “Pachamama”, premiado filme dirigido por Juan Antin e produzido por Didier Brunner (Kiriku e a Feiticeira, As Bicicletas de Belleville, The Secret of Kells, Ernest & Celestine).

”Pachamama” acompanha as aventuras de Tepulpai, um menino de 10 anos que sonha em se tornar um xamã. Um dia, a aldeia de sua família nos Andes é visitada por um coletor de impostos incaico, que toma todas as suas colheitas e uma pequena estátua de ouro que eles acreditam que lhes traz boa sorte.

O garoto se junta a uma garota chamada Naira para ir em busca de recuperar o ídolo, com a ajuda de um grande condor conhecido como Pachamama, que será seu guia.

Pachamama é absolutamente linda e diferente de qualquer coisa voltada para as crianças de hoje. E embora não seja necessariamente evidente a partir do trailer, o diretor espera promover uma mensagem ecológica com a animação.

Um filme que mostra como um povo aprende desde pequeno a cuidar de Pachamama (Planeta Terra) como parte da sua cultura e do seu cotidiano. Gera várias questões por parte das crianças e oportunidades de conversarmos de forma positiva sobre a emergência climática e a importância de cuidarmos de nossa Pachamama: está em nossas mãos.

Gabriela Montenegro – Reinventora e Diretora de Sustentabilidade na CORE. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Anhembi Morumbi e especialista em Design de Comunidades Sustentáveis pelo Gaia Education. Practitioner em Programação Neurolinguística. Empreendedora social. Designer organizacional, de negócios sustentáveis e regenerativos. Gestora e facilitadora de projetos para o desenvolvimento comunitário. Educadora para sustentabilidade. Tutora em projetos de empoderamento e empreendedorismo jovem. Mãe das gêmeas Helena e Beatriz.

, , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

× Precisa de ajuda?